Documentos secretos do Exercício Sea Breeze 2021 vazam na internet

Imagem via OTAN.

O exercício naval conjunto Sea Breeze-2021 no Mar Negro foi oficialmente concluído, de acordo com o comandante da Marinha Ucraniana, Alexey Neizhpapa. Os exercícios que visam uma dissuasão contra a Rússia começaram em 28 de junho e terminaram em 10 de julho com um saldo operaciona positivo apesar de alguns incidentes com a Rússia.

Os grandes exercícios foram marcados com várias provocações nas águas territoriais russas, que culminaram com aparente fuga de navios de guerra da OTAN ao contato com navios e a aviação naval russa, em incidentes pouco exclarecidos e até mesmo exagerados por ambos os lados, cada um defendendo sua versão. O ponto final do SeaBreeze 2021 foi outra falha.

Mais de quatro mil militares de 32 países, incluindo Estados Unidos, Canadá, Grã-Bretanha, Geórgia, Holanda e outros foram destacados no Mar Negro. Os exercícios foram realizados com a participação de mais de 30 aeronaves militares e 40 navios.

O acontecimento mais crítico depois dos quase conflitos presenciais entre embarcações e aviação da OTAN e da Rússia aconteceu em 9 de julho, quando o site oficial da Marinha ucraniana foi hackeado e dados pessoais dos participantes dos exercícios da OTAN Sea Breeze 2021 de estados membros da OTAN e países parceiros vazaram online.

O Orbis Defense e canais parceiros são praticantes do politicamente correto; portanto, não tomamos conhecimento e não publicamos dados pessoais que possam levar à identificação completa dos indivíduos. Os dados pessoais dos comandantes de navios exibidos na matéria como exemplos do dados vazados são inicialmente informações abertas de domínio  público, sendo inclusive divulgadas pelas forças às quais os militares servem (U.S. Navy e Royal Navy), e fornecidas em cada porto de escala dos navios, seguindo legislações internacionais.

blank blank blank blank blank blank blank

De acordo com os relatórios, o Estado-Maior das Forças Armadas da Ucrânia vinculou uma nuvem da Internet com documentos oficiais de parceiros da OTAN ao site oficial da Marinha da Ucrânia.

Correspondência reservada de departamentos militares da OTAN, dados pessoais e outros detalhes foram compartilhados on-line por meio de um mega de serviço em nuvem. A conta do hacker foi rapidamente bloqueada, mas uma grande quantidade de documentos já foi compartilhada pelos internautas.

Os dados pessoais dos membros da tripulação do notório British HMS Defender são de particular interesse.

O nível insuficiente de segurança proporcionado pelos militares ucranianos e a negligência ao trabalhar com documentos secretos demonstraram mais uma vez uma evidência de incompetência dos militares ucranianos ou alguma infiltração de agentes de alguma nação estrangeira interessada em causar atritos entre as partes.

Kiev comprometeu não só a segurança de seus militares, mas também dos países membros da OTAN, aos quais ainda sonha ingressar. Provavelmente, da próxima vez, o Comando da OTAN pensará duas vezes antes de realizar novos exercícios conjuntos com a Ucrânia.

  • Com informações Royal Navy, OTAN/NATO, Ucranian Navy, Global Research Int. e STF Analysis & Intelligence via redação Orbis Defense Europe.


blank

Be the first to comment on "Documentos secretos do Exercício Sea Breeze 2021 vazam na internet"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*