França enviar contingente militar em urgência aos Emirados Árabes Unidos para evacuar cidadãos do Afeganistão

A imagem de terroristas islâmicos, ou agora chamados de "combatentes talebãs" do 313 Badri Batallion ( considerado as forças especiais do Talebã), usando fardas e equipamentos (que certamente mal sabem usar à excessão do AK-47) de operações especiais tomados dos militares regulares afegãos que se renderam recentemente, agora hasteiam a bandeira do Talebã em uma das montanhas da região de Kabul. Foto de autor desconhecido, via Al Jazeera e redes sociais.

O Ministério das relações Exteriores anunciou neste domingo que enviará reforços militares aos Emirados Árabes Unidos para facilitar a evacuação de seus cidadãos, após transferir sua embaixada ao aeroporto de Cabul.

“O Ministério das Forças Armadas enviará reforços militares e meios aéreos aos Emirados Árabes Unidos nas próximas horas para que as primeiras evacuações para Abu Dhabi possam começar”, disse o Quai d’Orsay em comunicado, acrescentando ter também “ decidiu deslocar a embaixada para o local do aeroporto de Cabul (…) a fim de proceder em particular à evacuação de todos os nossos compatriotas que ainda se encontram no país ”. “Acordamos esta manhã com as bandeiras brancas do Taleban espalhadas pela cidade. Eles estão na cidade. Eles entraram sem lutar ”, disse Ahmad Wali, um residente de Jalalabad.

Países como Suécia, Alemanha, Noruega, Canadá  e EUA já evacuaram a totalidade de seus cidadãos, restando apenas uma quantidade incerta de colaboradores afegãos:

Imprensa francesa já se refere às lideranças terroristas do Talebã como “dirigentes”:

O governo francês está sendo muito criticado por não se antecipar na evacuação de seus funcionários e outros colaboradores que ainda estavam em Kabul nestas últimas semanas, assim como pelo fato de não enviar tropas para garanrtir a segurança de quem ainda estava na capital.

De acordo com muitos funcionários do governo, existiam informações de sobra que as forças do Talebã estavam na iminência de um avanço rápido e que os terroristas islâmicos não respeitariam nenhum acordo anterior de parar o avanço para a acptura da capital do Afeganistão assim que mais tropas do Exército Afegão se rendessem e/ou o presidente renunciasse.

O Taleban aproveitou a manhã de domingo na cidade de Jalalabad, no leste do Afeganistão, apurou a AFP com os moradores, deixando apenas Cabul, a capital, como uma grande cidade ainda controlada pelo governo.

O Taleban também assumiu a responsabilidade pela captura da cidade. “Há alguns momentos, os mujahideen entraram em Jalalabad, capital da província de Nangarhar. Todas as áreas estão agora sob seu controle ”, disse Zabihullah Mujahid, um de seus porta-vozes.

Além de Cabul, algumas cidades menores ainda estão sob controle do governo. Mas eles estão espalhados e isolados da capital, e não têm mais grande valor estratégico.

Em apenas dez dias, o Taleban assumiu o controle do grande major do país e alcançou os portões de Cabul, que agora estão completamente cercados.

Na noite de sábado, o Talibã capturou Mazar-i-Sharif, a quarta maior cidade do Afeganistão e o principal centro urbano do norte do país.

  • Com informações AFP, Ozlem Unal, STFH Analysis & Intelligence, Euronews France, France Inter, @Francenews24, @Theragex, via redação Orbis Defense Europe.




Be the first to comment on "França enviar contingente militar em urgência aos Emirados Árabes Unidos para evacuar cidadãos do Afeganistão"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*