Grêmio de Comunicações da Escola Naval realizará Conteste Radioamadorístico

Imagens via Marinha do Brasil/ Grêmio de Comunicações da Escola Naval – GCEN.

 O conteste é uma competição entre radioamadores. … De quantidade de contatos, de quantidade de distância e esse conteste, em si, é feito a partir de um contato com a estação-chave que envia certificados  aos radioamadores contactados durante o evento.

GRÊMIO DE COMUNICAÇÕES da ESCOLA NAVAL – GCEN
http://www.gcen.org.br/

PY1BJN – Estação Oficial

Presidente
Aspirante (IM) Felipe Braga

Oficial Orientador
Capitão-Tenente Ioty

Colaboradores

LABRE-RJ

PS7DX-Ed.
PY1JR-Júnior
PY1PP-Sérgio
PY1TZ-Paulo Amado
PY1XH/CT7ASQ-Cesar

20 º Contest Nacional Batalha Naval do Riachuelo
(Último final de semana completo do mês de junho – (26 a 27/jun. de 2021)

Fonte: Marinha do Brasil/ Grêmio de Comunicações da Escola Naval – GCEN.

PREFÁCIO

NRA – Núcleo de Radioamadores da Armada de Portugal – CS5NRA

Inspirado no espírito de fraternidade que une os radioamadores e nos diversos acordos de reciprocidade existente entre Brasil e Portugal, o Grêmio de Comunicações da Escola Naval, convidou os membros do clube co-irmão, NRA – Núcleo de Radioamadores da Armada – CS5NRA – https://www.nra.pt/ de Portugal, para participarem do CBNR. Os que enviarem log, receberão o certificado digital de participação. O exchange para os membros do NRA, será RS (T) + Número de sócio antecedido das letras PN. Exemplo; 59(9) PN087

Especialmente relevante na formulação deste convite, destaca-se o fato da Escola Naval do Brasil ter sido criada em Portugal e instalada no Brasil, com a vinda D. João VI.

Regulamento

Versão 2.6-atualizada em 28 de Abril de 2021

1-Esta competição de âmbito nacional é realizada anualmente pelo Grêmio de Comunicações da Escola Naval (GCEN), tendo como objetivo a confraternização entre os Radioamadores brasileiros e o adestramento em comunicações dos Aspirantes do Grêmio, bem como divulgar no meio radioamadorístico nacional o aniversário da Batalha Naval do Riachuelo, Data Magna da Marinha de Guerra do Brasil.

2-Histórico:

Aos 11 de Junho de 1865, no Rio Paraná, próximo a confluência do Arroio Riachuelo, foi travada a mais importante batalha naval da campanha da Tríplice Aliança. As chatas paraguaias adequavam-se à guerra fluvial por serem menores e mais rápidas que os navios de nossa esquadra. O Almirante Barroso, a bordo da Fragata Amazonas, comandava a esquadra brasileira e, percebendo as suas desvantagens, ordenou que seu navio investisse a proa sobre as canhoneiras inimigas, obtendo assim a vitória, com a qual deteve o domínio fluvial em todo o decorrer da campanha, garantindo o apoio tático e logístico às operações terrestres e impedindo que os inimigos fornecessem apoio fluvial às suas tropas. A Esquadra Imperial perdeu a Corveta Jequitinhonha e 104 homens, dentre os quais Marcílio Dias e Greenhalgh, todos com elevado senso de dever e amor à Pátria.

“O BRASIL ESPERA QUE CADA UM CUMPRA SEU DEVER” – Foi o sinal disseminado por Barroso aos seus comandos e que ainda, hoje permanece vivo na lembrança de todos os marinheiros. É com este espirito que a Marinha do Brasil cumpre o seu dever de participar na garantia de soberania de nossa Pátria.

3-Data-Anualmente, no último final de semana completo do mês de junho.

4-Período em 2021:

Início: – 18:00h (UTC) de 26/Junho/2021 – Sábado,
Fim: – 18:00h (UTC) de 27/Junho/2021 – Domingo

5-Modos: CW SSB e MISTO

6-Bandas: (160, 80, 40, 20, 15 e 10 Metros)

7-Categorias:

7.1 – SOSB: Operador único, banda única: (160, 80, 40, 20, 15 e 10 Metros)

7.1.1-Modo SSB, CW ou MISTO;
7.1.2-Potência, LOW (até 100W) ou HIGH POWER (Até 1500w);

7.2 – SOAB: Operador único, todas as bandas:

7.2.1-Modo SSB, CW ou MISTO;
7.2.2-Potência, LOW (até 100W) ou HIGH POWER (Até 1500w);

7.3 – SOAB-QRP – Operador único, todas as bandas:

7.3.1-Modo: SSB, CW ou MISTO
7.3.2-Potência, até 5 Watts

7.4 – SOAB-MIL – Operador único, todas as bandas, Estação Militar Individual – Militares da ativa, Reserva Remunerada, Reformados, Oficiais e Sargentos da Reserva Não Remunerada das Forças Armadas e Forças Auxiliares – (Polícias Militares e Corpo de Bombeiros Militares) e Aspirantes do EB R/2

7.4.1-Modo SSB, CW ou MISTO;
7.4.2-Potência, LOW (até 100W) ou HIGH POWER (Até 1500w);

7.5 – MOST-MISTO-OM: Multi Operador, um transmissor, modo misto, todas as bandas, Estações Militares OM, – (Estação operada dentro de Organização Militar de qualquer força e Junta de Serviço Militar do município. A estação em unidade militar, pode possuir apenas um operador e pode ser um civil. Na “Estação Militar OM”, todos os equipamentos e antenas utilizadas, deverão ser de uso exclusivo do Serviço Radioamador;

7.6-MOST-MISTO: LABRE, Grupos-Clubes, Associações e Estações Multi-operadores, modo misto, um transmissor. (poderá ser utilizado 1 (um) indicativo operado por um ou vários radioamadores, de forma alternada, na mesma Estação, representando LABRE, Grêmio, Clube ou Grupo).

7.7- HORS CONCOURS – Objetivando divulgar e incentivar o radioamadorismo, a estação que assim se definir, poderá operar nos termos do Art 37 do Regulamento do Serviço de Radioamador. Esta categoria não concorre, mas todos os seus QSO serão utilizados na apuração. Excepcionalmente, terão direito ao certificado de participação.

OBS: Regulamento do Serviço de Radioamador

Art. 37. A estação de radioamador só poderá ser utilizada por terceiros ou operada por outro radioamador na presença do titular da estação ou responsável e respeitadas a ética do serviço e as disposições da legislação e normas vigentes.

8- Os competidores das categorias SOAB, (item 7.2) e SOAB-MIL (´tem 7.4), podem optar em concorrer em uma única banda e/ou em um único modo, desde que envie o log completo.:

8.1-Chamada em CW: CQ BNR,

8.2-Chamada em Fonia: CQ RIACHUELO.

9-Mensagens:

9.1- Operador Único——————————————————————— RS (T) + UF (Seu Estado);

9.2- Radioamadoras——————————————————————— RS (T) + YL;

9.3- Grupos – LABRE, Clubes, Associações e Multi-Operadores —————– RS (T) + UF (Seu Estado);

9.4- Estações QRP ———————————————————————-RS (T) + QRP,

9.5- Estações Militares (OM ou Individual) —————————————–RS (T) + MIL.

10-Pontuação:

10.1-QSO com PY1BJN = 10 Pontos (Estação organizadora);

10.2-QSO com Estações Militares (OM e individual) = 08 pontos;

10.3-QSO com Estações YLs = 06 Pontos;

10.4-QSO com estações QRP = 03 Pontos,

10.5-QSO com demais estações = 02 Pontos.

11-A pontuação final é obtida pela soma dos pontos dos QSO confirmados, multiplicada pela soma do total de multiplicadores confirmados.

12-Multiplicadores:

Os diferentes estados (UF) brasileiros (ver tabela) e as Ilhas Brasileiras (Arquipélago de Fernando de Noronha; Penedos de São Pedro e São Paulo; Ilha de Trindade; Atol das Rocas; Ilhas de Martim Vaz) e Região Antártica Brasileira, trabalhados uma única vez, independente da banda e modo.

Estado UF Estado UF Estado UF

Acre AC Alagoas AL Amapá AP
Amazonas AM Bahia BA Ceará CE
Distrito Federal DF Espírito Santo ES Goiás GO
Maranhão MA Mato Grosso MT Mato G do Sul MS
Minas Gerais MG Pará PA Paraíba PB
Paraná PR Pernambuco PE Piauí PI
Rio de Janeiro RJ Rio G Sul RS Rondônia RO
Rio G Norte RN Roraima RR Santa Catarina SC
São Paulo SP Sergipe SE Tocantins TO

13-Prêmiação:

13.1-SOSB: Troféu aos vencedores da categoria, por banda, modo e potência (Item 5.1);

13.2-SOAB: Troféu aos vencedores da categoria, por modo e potência (Item 5.2);

13.3-SOAB-QRP: Troféu aos vencedores da categoria, por modo (Item 5.3);

13.4-SOAB-MIL: Troféu aos vencedores da categoria, por modo e potência (Item 5.4);

13.5-MOST-MIL-OM: Troféu ao vencedor da categoria (Item 5.5),

13.6-MOST-MISTO: Troféu ao vencedor da categoria (Item 5.6)

OBS: Todos os concorrentes poderão baixar o certificado em formato digital, no site www.gcen.org.br.

14-Logs e Resultados:

14.1-Só será aceito log no formato ”CABRILLO” e com QTR UTC, Modelo do log Cabrillo;

14.2-Sugerimos a utilização dos softwares N1MM;

14.3-Baixe aqui o arquivo de instruções e os arquivos de configuração para utilizar o N1MM;

14.4-Os logs serão recebidos até o 5º dia após o contest via e-mail:

Log CW via [email protected]

Log SSB via [email protected]

Log MISTO via [email protected]

14.5-O campo “assunto” do e-mail e o nome do arquivo do log deve ser “indicativo.log”, exemplo: PT2AC.log;

14.6-Log enviado após o prazo, não será aproveitado, nem como Checklog.

14.7-Nenhum concorrente receberá pedido de correção do seu log, por erro ou omissão. Logs recebidos em desacordo com o regulamento ou com erros que impeçam sua correta apuração, serão automaticamente reclassificados como Checklog;

14.8-Para validar a pontuação para seu clube, o nome do clube deve estar escrito em MAIÚSCULO e “exatamente” como consta na relação disponível em http://contestbr.org/clubes/;

14.9-Nenhum log poderá ser substituído ou corrigido após a publicação do resultado provisório, salvo se comprovada falha no sistema de apuração;

14.10-O resultado provisório será divulgado até o 20º dia após o contest e o resultado oficial, até o 30º dia após o contest,

14.11-O limite máximo de diferença no QTR de QSO entre logs, é de 5 minutos. (Ajuste o QTR do seu computador, antes de iniciar o Contest).

14.12-Os QSO com estação que não enviou log, serão validados desde que o indicativo do log não enviado aparecer em pelo menos 5 logs válidos;

15-Penalidades:

15.1-Anotação incorreta do Indicativo: perda de QSO para quem anotou errado;

15.2-Anotação incorreta do Exchange: perda do QSO para quem anotou errado;

15.3-Duplicação de QSO: não há penalidade, apenas um QSO será validado, (recomendamos não deletar DUIPE);

15.4-Divergência de banda: perda do QSO para ambos;

15.5-Divergência de QTR, acima de 5 minutos: perda do QSO para ambos;

15.6-O uso do DX Cluster é permitido, porém o “auto spot” é proibido, seja oriundo da estação principal ou de um dos seus operadores, assim como anunciar por qualquer meio ou artifício, mesmo de forma dissimulada, subliminar, onde sua estação está sintonizada. Encontrá-la, faz parte do esforço de cada um e este procedimento é considerado um comportamento antidesportivo, sujeito a desclassificação, em caso de denúncia comprovada.;

15.7–É vedada a operação (para pontuar) por pessoas sem COER: Desclassificação;

15.8-É vedada a operação (para pontuar) de portadores de COER em QRG não autorizada a sua classe: Desclassificação.

15.9-Além das penalidades acima, a violação das regras do concurso ou da legislação nacional sobre radioamadorismo ou ainda conduta antidesportiva pode levar a uma ação desclassificação ou reclassificação para categoria Checklog,

15.10 – Checklog não pontua para a classificação entre clubes.

15.11-QSO com a mesma estação em banda diferente, será válido desde que o QSO na outra banda tenha sido feito no intervalo de 5 minutos ou mais

16-Recursos/Denúncias:

16.1-Recursos e Denúncias, serão aceitos(as) até 72hs após divulgação do resultado provisório, através do e-mail [email protected]

17-Declaração:

Ao enviar seu log de participação no Concurso Riachuelo você concorda que:

17.1-Leu e entendeu as regras do concurso e concorda em segui-las;

17.2-Tem operado de acordo com todas as regras e regulamentos pertencentes ao radioamadorismo de seu país,

17.3-Seu log pode ser aberto ao público e,

17.4-Todas as ações e decisões da Comissão Organizadora do Contest Riachuelo são oficiais e finais…

18-Regras Gerais

18.1-Todos os transmissores, receptores e antenas da estação devem estar localizados dentro de um círculo de 500 metros de diâmetro. Todas as antenas devem estar fisicamente conectadas aos transmissores e receptores. O uso de equipamentos de recebimento fora do círculo de 500 metros é considerado antidesportivo e a violação desta regra sujeita o participante a desclassificação.

18.2-Uma estação que esteja em conformidade com o item 18.1 pode ser operada remotamente via conexão de rede. Uma estação operada remotamente deve obedecer aos limites de licença da estação, limites da licença do operador e as limitações de sua classe. O indicativo de chamada usado deverá ser o indicativo licenciado para a estação a ser operada remotamente. Receptores remotos fora do local da estação não são permitidos.

18.3-Desde do ano de 2019, o CBNR torna público todos os logs concorrentes, com o objetivo de mostrar transparência do concurso, permitindo que os participantes estudem os registros para obter estratégias e técnicas melhores.

18.4-Os logs divulgados terão os campos Endereço e EMAIL removidos. Sempre que possível, tentamos encontrar endereços de e-mail no SOAPBOX e os removeremos, para proteger a privacidade dos participantes.

18.5-O recebimento do log é confirmado pela publicação na página “logs recebidos” no site www.gcen.org.br

18.6-Todo participante que enviar seu log poderá, caso deseje, receber o relatório UBN, contendo todos seus QSO, seus resultados (previsto e confirmados), contendo seus erros e erros das estações trabalhadas, após a publicação do resultado oficial.

19-Apenas os logs concorrentes serão publicados

Boa sorte

Comissão Organizadora do 20º CBNR 2021



blank

Be the first to comment on "Grêmio de Comunicações da Escola Naval realizará Conteste Radioamadorístico"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*