Militares do Exército Brasileiro participarão das ações para conter óleo nas praias do Nordeste

O Ministro da Defesa autorizou o reforço de cerca de 5.000 militares pertencentes à 10ª Brigada de Infantaria Motorizada (10ª Bda Inf Mtz), sediada no Recife (PE), nas ações desenvolvidas na área atingida pelas manchas de óleo. Os militares ficarão à disposição do comando da operação e poderão atuar no monitoramento e limpeza do litoral do Nordeste.

Além disso, o Ministro do Desenvolvimento Regional disponibilizará Equipamentos de Proteção Individual (EPI) para o pessoal que atuará na limpeza das praias. A Força Aérea Brasileira (FAB) deslocou duas aeronaves hoje e deslocará mais uma amanhã para a capital pernambucana.

Na tarde desta segunda-feira (21), ocorreu reunião no Ministério da Defesa (MD), que contou com as presenças do Presidente em exercício, Hamilton Mourão; do Ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva; dos Comandantes da Marinha, do Exército e da Aeronáutica; de autoridades da pasta; e componentes da operação de monitoramento e limpeza das manchas de óleo no litoral do Nordeste, com o propósito de atualizar o Presidente em exercício das ações que se desenvolvem na região do aparecimento das manchas de óleo e divulgar o emprego de militares do Exército na operação.

Participou ainda, por meio de videoconferência, a partir do Grupo de Acompanhamento e Avaliação (GAA), localizado no Comando do 2º Distrito Naval, em Salvador-BA, o Ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto. Na ocasião, o Comandante de Operações Navais, Almirante Leonardo Puntel, disse que, de todo o litoral nordestino, ao longo dos 2.250 quilômetros, apenas a praia de Itapuama-PE estava contaminada ao final do dia de hoje.

Sendo assim, além dos mais de 1.500 militares da Marinha e da Força Aérea, a operação contará também com mais o efetivo do Exército Brasileiro. Além de servidores da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), do IBAMA, do Instituto Chico Mendes de Biodiversidade (ICMBio), e da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil. E representantes do Departamento de Polícia Federal e Petrobras.

Até o momento as aeronaves da FAB já realizaram mais de 60 horas de voo e já foram recolhidas em torno de 700 toneladas de resíduos, que serão destinados às cimenteiras situadas nos municípios que possuem esse tipo de indústria, sob a supervisão do IBAMA. Além disso, foram deslocadas hoje duas aeronaves da FAB para Recife.

  • Com informações da Assessoria de Comunicação Social do Ministério da Defesa




Be the first to comment on "Militares do Exército Brasileiro participarão das ações para conter óleo nas praias do Nordeste"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*