Mulheres e crianças são minoria entre refugiados afegãos evacuados; Novo recorde da USAF confirma

Contando com 183 crianças, a USAF confirma a evacuação de mais de 800 afegãos para segurança em um único vôo, novo recorde

Esta manhã, a Força Aérea dos EUA confirmou um feito logístico impressionante, divumgando que mais de 800 cidadãos afegãos estavam a bordo de um C-17 Globemaster III quando ele deixou o Aeroporto Internacional Hamid Karzai no domingo.

Embora anteriormente relatado haver 640 pessoas a bordo, o total atualizado de 823 é um recorde, de acordo com o Comando de Mobilidade Aérea.

A diferença, disse a AMC em um tweet esta manhã, é que eles não contaram 183 crianças, muitas delas viajando no colo de suas mães. Inicialmente, a Força Aérea informou que 640 pessoas estavam a bordo do vôo quando ele deixou o HKIA, o aeroporto de Kabul.

 

“Mulheres e crianças primeiro!!!”(somente em filmes…)

Apesar da boa notícia que mais pessoas estão a salvo das possíveis barbáries do Talebã, infelizmente essa informação serve para confirmar uma polêmica que resurgiu na questão “refugiados” mais uma vez.

Desde que se iniciou a crise dos “refugiados” que invadiram a Europa em meados de 2014/2015, oriundos em partes de imigração de oportunidade econômica, em partes das guerras da Líbia e Síria, e, outra grande parte de manobras maldosas da Turquia contra a União Européia, foi constatado que a grande maioria desses “refugiados” são homens jovens, muitos entre idade de serviço militar (17 à 35 anos) de boa saúde.

A imigração para a Europa desse “perfil de refugiado” serviu em partes para aumentos dos problemas sociais, sofrimentos desnecessários de reais necessitantes de asilo e para o absurdo aumento da criminalidade e do terrorismo híbrido na Europa.

Agora na nova crise de refugiados do Afeganistão as imagens de milhares de afegãos invadindo o aeroporto de Kabul mais uma vez mostraram o que já era previsível; que muitos homens jovens estavam embarcando nas aeronaves fretadas e da USAF, em detrimento de mulheres e crianças que ficaram para trás…

Mais uma vez fica a questão crucial; Quantos verdadeiros necessitantes de refúgio e asilo político ficaram para trás para cada homem jovem que conseguiu embarcar sabe lá como?

Pelo menos 6.000 pessoas foram evacuadas do Afeganistão pelos militares dos EUA desde sábado. Embora o secretário de imprensa do Pentágono, John Kirby, tenha declarado na quinta-feira que o Departamento de Defesa não sabe quantos americanos permanecem no Afeganistão, as estimativas colocam o número inicial em 10.000. Além disso, as estimativas mostram que dezenas de milhares de afegãos que ajudaram os EUA também estão procurando voos.

De acordo com o DoD, existe uma capacidade de retirar entre 5.000 e 9.000 pessoas do Afeganistão por dia, mas até agora não foi divulgado pelas autoridades americanas em Kabul como é feita a triagem para saber quem realmente tem o direito de embarcar.

Embora o prazo para retirada dos EUA, 31 de agosto, esteja se aproximando rapidamente, o presidente Joe Biden disse na quarta-feira que os americanos não seriam deixados para trás no Afeganistão.

As imagens não mentem

Imagem de captura de tela de video do jornal Le Point.

Como está claro na imagem, pode-se identificar uma fila com a presença de oito homens e apenas duas mulheres efetuando o embarque em uma aeronave da Força Aérea Francesa.

E como podemos ver na imagem do interior do C-17 da USAF a situação é ainda pior com poucas mulheres e crianças identificáveis nas imagens divulgadas.

 

blank

Imagem divulgada pela USAF.

blank

Não é uma cena do filme WOrld War Z, mas a situação atual do aeroporto de Kabul com a invasão de milhares de civis tentando desesperadamente embarcar em aeronaves para fugir do Afeganistão depois da promessa dos EUA de dar vistos de refugiados para afegãos que colaboraram com o governo afegão deposto. Porém não vemos mulheres e crianças nessas imagens… Imagem de captura de tela de videos da internet.

O exemplo da França

A França junto com os EUA foi um dos retardatários em organizar a evacuação de cidadãos e colaboradores, e de acordo com as informações divulgadas pelo próprio governo francês, pelo menos 500 pessoas foram evacuadas do Afeganistão.

Sendo a grande maioria de afegãos nos voos, todos lotados com 200 pessoas por avião, sendo 180 afegãos com algum tipo de ligação de colaboração com o governo francês, e, conforme informes extraoficiais, uma minoria de mulheres e crianças… Algo interessante de se questionar para uma comunidade poligâmica (para os homnes obviamente) assumida…

As imagens estão aos milhares pela internet, que cada um analise e tire suas conclusões da maneira mais imparcial possìvel e imagine quantas mulheres e crianças estão sendo vìtimas dos Talebãns nesse momento e nos dias que virão…

  • Com informações USAF/Air Mobililty Command, Evergreen Intel, CBS News USA, Navy Times (matéria de James R. Webb), Ministére des Armées (France), France Inter via redação Orbis Defense Europe/Genebra.



blank

Leave a comment

Your email address will not be published.


*