Novos ataques aéreos de Israel contra tropas do Hezbollah na Síria

Caças israelenses F-15 observados por diversos civis na região do Líbano foram spoteados ontem e hoje pela manhã. Foto de autor desconhecido via redes sociais.

Em 22 de julho, a Agência de Notícias Árabe Síria SANA informou que os sistemas de defesa aérea do Exército Árabe Sírio (SAA) repeliram ataques aéreos israelenses na área de Al-Qusayr, na província de Homs.

Os aviões israelenses alvejaram posições do exército sírio na área de al- Qusayr , localizada a leste da província de Homs, na madrugada de 22 de julho. Informações de inteligência alegam que tropas do Hezbollah vindas do Líbano estariam presentes na área.

De acordo com uma fonte militar síria, jatos israelenses lançaram mísseis da costa norte de Beirute por volta de 01h13. A maioria dos mísseis foi aparentemente interceptada. Nenhuma vítima foi relatada, mas os ataques resultaram em alguns danos materiais.

Os militares de Israel ainda não comentaram os relatos dos militares e outras fontes síria e de observadores internacionais.

Abaixo as imagens dos mísseis e das interceptações divulgadas:

Este é o segundo ataque israelense na Síria na última semana. Em 19 de julho, ataques israelenses tiveram como alvo um complexo sírio localizado na zona rural oriental de Aleppo, supostamente matando um soldado da SAA e dois combatentes pró-governo.

Não houve nenhuma declaração sobre os fatos com exceção de uma indireta do IDF Chief of the General Staff LTG Aviv Kohavi no dia 20 de julho:

No final de 19 de julho, uma série de ataques israelenses atingiu a governadoria de Aleppo, no norte da Síria, de acordo com a Agência de Notícias Árabe Síria.

Os ataques aéreos tinham como alvo as fábricas de defesa al-Safirah, 21 km ao sul da cidade de Aleppo. O complexo, onde a Síria armazenava algumas de suas armas químicas antes do acordo de 2013, agora está desenvolvendo e produzindo armas convencionais e munições para o Exército Árabe Sírio.

Segundo fontes sírias, vários mísseis israelenses, supostamente não menos que três, foram interceptadas pelas Forças de Defesa Aérea Árabes da Síria.

Apesar de algumas interceptações bem-sucedidas, várias explosões foram relatadas dentro das fábricas de defesa da Al-Safira. As imagens das explosões foram compartilhadas nas redes sociais.

Este não foi o primeiro ataque israelense a al-Safira. Em 11 de setembro de 2020, uma série de ataques aéreos israelenses atingiu o complexo militar causando danos limitados.

Os recentes ataques à Síria são parte da campanha militar de Israel na “Guerra entre Guerras”. O objetivo da campanha é empurrar o Irã e seus aliados para fora da Síria, bem como impedi-los de desenvolver suas capacidades ofensivas. Nenhum desses objetivos foi alcançado, ainda.

Os ataques israelenses geralmente têm como objetivo expulsar as forças pró-iranianas da Síria. No entanto, os esforços de Tel Aviv fracassaram até agora.

  • Com informações Syrian Observatory for Human Rights, SANA Syria, France Inter e STF Analysis & Intelligence via redação Orbis Defense Europe.





Be the first to comment on "Novos ataques aéreos de Israel contra tropas do Hezbollah na Síria"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*