U.S. Navy apreende carga gigante de armas ilícitas no mar da Arábia do Norte

Na foto, o carregamento de armas e munições, incluíndo alguns mísseis antitanque. foto de autor não declarado via U.S. Navy/US 5th Fleet Public Affairs.

O USS Monterey (CG 61) apreendeu um carregamento ilícito de armas de uma embarcação clandestina sem bandeira, em águas internacionais do Mar da Arábia do Norte em 6 a 7 de maio de 2021.

O USS Monterey e sua Equipe de Interdição Avançada da Guarda Costeira dos EUA (AIT) descobriram a carga ilícita durante um embarque de verificação de rotina realizado em águas internacionais de acordo com o direito internacional consuetudinário.

O carregamento de armas incluía dezenas de mísseis guiados antitanques avançados de fabricação russa, milhares de rifles de assalto chineses Tipo 56 e centenas de metralhadoras PKM, rifles de precisão e lançadores de granadas propelidas por foguetes. Outros componentes de armas incluíam miras ópticas avançadas, tudo de fabricação chinesa.

A fonte original e o destino pretendido do material estão atualmente sob investigação, e o material está sob custódia dos EUA, aguardando disposição final. A avaliação das descobertas do material será um esforço interagências.

O USS Monterey forneceu mais de 36 horas de vigilância e segurança para suas equipes de embarque e a embarcação interditada durante os dois dias de operação.

Depois que toda a carga ilícita foi removida, o dhow (a embarcação clandestina) foi avaliado quanto à navegabilidade e, após interrogatório, sua tripulação recebeu comida e água antes de ser liberada.

blank

A Marinha dos EUA conduz patrulhas de rotina na região para garantir o livre fluxo do comércio para o tráfego legítimo, interromper o transporte de carga ilícita que muitas vezes financia o terrorismo e atividades ilegais e salvaguardar a ordem internacional baseada em regras.

  • Fonte: U.S. Navy/US 5th Fleet Public Affairs, via redação Orbis Defense Europe.


blank

Be the first to comment on "U.S. Navy apreende carga gigante de armas ilícitas no mar da Arábia do Norte"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*